Primeiros exames de um recém-nascido

A hora do parto chegou, o bebê nasceu e, embora o ciclo da gestação tenha se fechado, outro se inicia. Logo após o nascimento do seu baby, uma série de testes deverão ser feitos para assegurar a saúde do pequeno. Neste Post, eu vou te contar os exames que um recém-nascido deverá fazer logo após o parto.

♥ Teste de Apgar

Neste teste, o pediatra que estará acompanhando seu parto fará um cheque logo após o nascimento, avaliando 5 sinais do seu recém-nascido (Aparência, Pulso, Gesticulação, Atividade e Respiração). Cada sinal receberá uma pontuação de 0 a 2 e o teste é aplicado duas vezes, no primeiro e no quinto minuto de vida. Basicamente o pediatra vai medir a frequência cardíaca do seu baby, a respiração, o tônus muscular, reflexos, intensidade do choro e a cor da pele. Mas não se preocupe o pequeno não atingir nota máxima: raramente recém-nascidos tiram uma nota perfeita nesse teste.

♥ Tipagem Sanguínea

Este exame é um dos mais conhecidos. Você logo saberá se o pequeno será A, B, Ab ou O, bem como se o fator será RH positivo ou negativo. O exame de tipagem sanguínea é importante, pois se seu pequeno precisar de pronto atendimento emergencial, será de suma importância já saber qual é seu tipo sanguíneo.

♥ Teste do olhinho (Reflexo Vermelho)

Este exame já dirá nas primeiras horas de vida do recém-nascido, se ele possui alguma doença ocular. Tem esse nome, pois o médico utiliza uma espécie de “lanterninha” incidindo uma luz na retina do pequeno. Os olhos saudáveis refletem tons de vermelho, laranja ou amarelo, já nos os olhos com alguma doença, não será possível observar o reflexo ou sua qualidade é ruim, esbranquiçada. O teste do olhinho serve para diagnosticar doenças como a retinopatia da prematuridade, catarata congênita, glaucoma, retinoblastoma, infecções, traumas de parto e a cegueira.

♥ Manobra de Ortolani

Esta manobra consite em fazer movimentos nos quadris do bebê com o objetivo de verificar se há um encaixe correto entre o fêmur e a bacia. É uma espécie de exame físico para investigação de displasia de quadril em recém-nascidos. Eu falei um pouquinho mais sobre esta condição neste post (Canguru e displasia do quadril: Como escolher um Canguru seguro). Dá uma olhada lá =D

♥ Teste da orelhinha

Os bebês já possuem resposta auditiva a partir do quinto mês, ainda na barriga da mamãe. O teste da orelinha é de extrema importância, pois qualquer perda na capacidade auditiva, ainda que pequena, impedirá seu pequeno de receber adequadamente as informações sonoras que são extremamente importantes para o desenvolvimento da linguagem. É um exame super indolor, feito com o bebê dormindo, sem furinhos ou machucados. Ele é feito através de um computador, que acoplado à um fone colocado na orelhinha do bebê, medirá a resposta do sistema auditivo do pequeno aos sons de fraca intensidade que ele emite. É super de boa e muuuito importante ;D

♥  Teste do coraçãozinho (Teste de oximetria)

Outro exame indolor e muito importante é o teste de oximetria, apelidado por teste do coraçãozinho. Sua função é o disgnóstico precoce de possíveis cardiopatias congênitas. O teste é feito entre 24 e 48 horas de vida do bebê, com a utilização de um oxímetro colocado no membro superior direito do pequeno (mão ou punho) e em qualquer um dos membros inferiores (direito ou esquerdo) para a medição da saturação do seu pequeno. O resultado, para ser normal, deverá ser maior que 95% em duas medições da saturação com uma diferença aceitável de 3% . Caso este não seja o resultado, o exame deverá ser repetido em uma hora e, se não houver modificação, o recém-nascido não recebe alta hospitalar e seguirá para um ecocardiograma.

♥ Teste do pezinho

O famoso teste do pezinho serve para identificar doenças raras precocemente. Este exame deve ser feito entre o terceiro e o quinto dia de vida do bebê para que, caso necessário, um tratamento seja iniciado o mais rápido possível. Este teste é um pouco complicado para a mãe que verá um serzinho tão pequeno sendo furadinho para coleta de sangue, mas lembre-se que a prevenção está em primeiro lugar.

Não vou mentir que é de cortar o coração. Eu fiquei muito sentida ao ver minha pequena chorar com as agulinhas no pézinho, mas estudos dizem que o choro é mais pelo desconforto do exame do que por uma dor forte. Independente de tudo, é um exame que DEVE ser feito. Mesmo que possa doer um pouquinho 🙁

♥ Teste da linguinha

Neste teste o objetivo é diagnosticar se seu bebê possui alguma limitação dos movimentos da língua, a famosa língua presa. Este exame deve ser feito o quanto antes, se possível ainda na maternidade. “De acordo com a Lei nº 13.002/2014 é obrigatória a realização do protocolo de avaliação do frênulo da língua em bebês em todos os hospitais e maternidades do Brasil”.

♥ Primeiras Vacinas

Ainda na meternidade você será avisada de que as vacinas irão começar. Ainda recém-nascido, seu pequeno deverá tomar as primeras doses da Hepatite e Tuberculose. Minha dica é: Se for possível, já vacine seu baby antes de sair da maternidade. Alguns hospitais permitem que empresas privadas vacinem os pequenos recém-nascidos. Fizemos isso com Aurora e não nos arrependemos. É tanta coisa pra se preocupar depois que você recebe a alta que, quanto mais coisas você resolver ainda na maternidade, melhor.

São tantos exames que a gente até se perde, né? Por isso que é importante que você se informe de todos para que não deixe nenhum passar. São exames simples que farão muita diferença na vida do pequeno. Pode até ser uma semana movimentada, mas vale mais do que um susto futuro com um diagnóstico tardio.

Conta pra mim nos comentários quais exames seu baby fez logo após nascer. Eu mesma pensava que só tinham as vacinas e o teste do pezinho. rsrsrs Mas é exame pra dar e vender kkkk Fica a Dica 🙂

Bruna Souza

Mãe de primeira viagem que descobre o universo materno a cada dia que passa.

Website: https://cheirodebebe.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *